Blog do Betusko

LITERATURA, CONTOS, POEMAS E AFINS

De pressão

Written By: Roberto - mai• 10•13

coruja branca real

 Cacos de mim, caídos na areia

são cascas de coco ao pé da escada

a esperar a redenção, a retomada,

o ronco do motor em ponto morto, entediado

fazendo contraponto com o pio da coruja albina

 a implorar que a marcha seja engatada

para a vida retomar seu curso natural.

 

Lascas de mim, dependuradas no varal

escapam e são lançadas ao léu

sopradas pela brisa noturna

mescladas entre  lençóis e reggaes

percebidos pela fresta da janela

daquele casebre antigo à beira-mar

a soluçar entre o vai e vem das ondas,

a balançar sob a cadência  da melodia abafada

e o tilintar das pedras de gelo no copo de uísque,

 prenúncio de uma noite infindável.

 

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

buy email lists